Orientações para o Pré-Operatório de Cirurgia Cardíaca
Introdução

Apesar de ser considerada durante alguns anos algo assustador, o termo “Cirurgia Cardíaca” deixou de ser um mito e passou a ser um fato corriqueiro no dia a dia das pessoas. Hoje é comum encontrarmos nos mais diversos seguimentos pessoas que foram operadas , levando uma vida praticamente normal.

E é com o intuito de desmistificar ainda mais este procedimento e tentar reduzir a ansiedade e o medo dos pacientes e familiares que trazemos as seguintes informações sobre o transcorrer do período pré e pós operatório deste tipo de cirurgia.

Esse conjunto de informações oferecido a você e seus familiares permitirá prepará-lo adequadamente para sua cirurgia. Traz informações básicas relacionadas ao seu eventual problema, sua preparação pré-operatória, estadia hospitalar e recuperação pós-operatória.

O processo de preparação para a operação pode ser estressante. Esperamos que essas informações possam prepará-lo adequadamente para sua completa recuperação. Esperamos que seja lido com atenção. Eventuais dúvidas devem ser respondidas com os membros da equipe.


Avaliação Inicial

A cirurgia cardíaca é um procedimento de alta complexidade e que necessita de que o paciente esteja em condições clínicas aceitáveis, de uma equipe multidisciplinar treinada e com experiência e de um hospital com instalações e equipamentos adequados.

As doenças cardíacas que geralmente tem indicação cirúrgica são: as cardiopatias congênitas, as valvulares, as doenças da aorta, transplante cardíaco e doenças coronárias graves sem indicação de angioplastia.

Definida a indicação precisa da cirurgia, o paciente será encaminhado para uma avaliação minuciosa, onde será obtida a história clínica, realizado o exame físico e solicitados exames complementares de acordo com o quadro clínico e doenças associadas.

Na história clínica serão colhidos dados como sinais e sintomas da cardiopatia, fatores de risco para doenças cardíacas, hábitos de vida como higiene, tipo de dieta, sedentarismo, etilismo, tabagismo, uso de drogas lícitas e ilícitas, uso de medicamentos, alergias a alimentos e remédios, infecções e uso de antibióticos recentes, problemas anestésicos, vacinação, história de sangramento, gravidez; doenças e cirurgias prévias.

O exame físico detalhado irá avaliar o estado nutricional, presença de lesões na pele, higiene bucal e estado de conservação dos dentes, tipo de tórax, presença de sopros carotídeos, presença de varizes, edemas, presença de pulsos nos quatro membros além do exame físico específico do coração, pulmão, abdome, neurológico e outros órgãos.

Além dos exames laboratoriais de rotina, Raio X de tórax e eletrocardiograma, dependendo de cada patologia serão necessários exames cardiológicos específicos como: ecocardiograma, doppler de artérias carótidas e vertebrais e cateterismo cardíaco e angiotomografia da aorta.


Recomendações

Algumas medidas serão recomendadas ou mesmo e exigidas dos pacientes antes do ato cirúrgico, como abandonar o etilismo e tabagismo dois meses antes, controle rigoroso do diabetes por pelo menos um mês, vacinação anti-tetânica, anti-gripal e anti-pneumocócica, emagrecimento e mudanças nos hábitos de higiene , tratamento dentário nos casos de trocas valvulares, fisioterapia respiratória , suspensão de alguns medicamentos que possam gerar problemas no pós operatório, como por exemplo metformina e anticoagulantes, e encaminhar doadores de sangue para os hemocentros.


Fatores de Risco

São fatores de aumento de mortalidade e complicações no pós operatório: idade avançada, sexo feminino, infarto do miocárdio prévio, diabetes, tabagismo, cirurgia cardíaca prévia, obesidade, cirurgia de emergência ou de urgência, insuficiência renal e doença pulmonar obstrutiva crônica. Outros fatores como desnutrição e doenças que alteram a imunidade também contribuem para um resultado ruim.

O planejamento cirúrgico com todos os componentes da equipe multidisciplinar, que incluem cirurgiões cardíacos, cardiologistas, anestesistas, fisioterapeutas, nutricionistas, enfermeiros e psicólogos, é muito importante para o sucesso da cirurgia.

O paciente receberá o preparo pré operatório no apartamento onde será feita a tricotomia (depilação específica para cirurgia) e a medicação pré anestésica, posteriormente será encaminhado ao centro cirúrgico onde será realizada a cirurgia cardíaca, com duração variável, com média aproximada de 6 horas, e ao término da cirurgia será transferido para UTI acompanhado pelo anestesista e pelo cirurgião.


Direitos dos Pacientes

  • Ter sua dignidade pessoal respeitada
  • Receber informações que possa entender
  • Estar envolvido em decisões que afetam seu tratamento
  • Receber cuidado a despeito de sua raça, credo, cor, origem nacional, sexo, idade, orientação sexual, condição física, ou social
  • Entender seu diagnóstico, condição ou tratamento
  • Ser informado de decisões sobre seu tratamento
  • Recusar qualquer tratamento
  • Estar livre de qualquer forma de abuso
  • Ter um familiar ou pessoa representativa de sua escolha informada de sua internação hospitalar
  • Ter sua dor medida e tratada adequadamente
  • Ter conhecimento das regras que regulam seu cuidado e conduta
  • Saber os nomes e qualificação profissional das pessoas que cuidam de você
  • Saber que o hospital no qual se interna é uma instituição de ensino e pode ter pessoas em treinamento
  • Perguntar a pessoas envolvidas no seu cuidado se estão em treinamento
  • Pedir uma segunda opinião
  • Ter privacidade e ambiente seguro
  • Receber pronta resposta aos serviços solicitados
  • Receber informações sobre seu cuidado após alta hospitalar
  • Ter seus valores culturais, psicológicos, espirituais, crenças, e valores pessoais respeitados
  • Ter acesso a serviços espirituais
  • Estar envolvido em assuntos de seu cuidado, tratamento e serviços
  • Ter alguém escolhido por você para tomar decisões quando eventualmente você não for capaz de fazê-lo
  • Ter sua família envolvida no cuidado, tratamento e decisões
  • Procurar serviços da lei
  • Ser informado de eventos relacionados que eventualmente poderão ocorrer


Deveres dos Pacientes

  • Dar informações completas e fidedignas sobre sua saúde, incluindo história médica e todas as medicações que está tomando
  • Seguir as instruções e conselhos médicos e saber que deve aceitar as conseqüências da recusa
  • Informar se não entendeu as informações dadas sobre sua condição e tratamento
  • Informar se houve mudanças na sua condição clínica, sintomas e dor
  • Ser cooperativo
  • Respeitar o direito e propriedade das outras pessoas
  • Seguir nossas regras e regulamentos
  • Seguir suas consultas adequadamente ou informar de eventuais atrasos ou imprevistos


Exames solicitados usualmente no pré-operatório:

  1. Hemograma completo com contagem de plaquetas
  2. TP e TTPA
  3. Tipagem sanguínea ABO+Rh
  4. Sorologias p/ CHAGAS, HIV, HTLV (selecionado conforme o caso)
  5. Sorologias para hepatite B e C
  6. Função renal (uréia e creatinina séricas)
  7. Eletrólitos séricos (Na, K, Ca)
  8. Glicemia
  9. ECG
  10. RX tórax PA e Perfil
  11. Relatórios de exames de imagens: Ecocardiograma, Holter 24h, Tomografia Coronária, Ressonância Magnética, Cintilografia MIocárdica, Cateterismo Cardíaco
  12. Ultrassom Doppler Carótidas e Vertebrais
  13. Avaliação odontológica (no caso de cirurgias de válvulas)
Av. Ibirapuera, 2907 Cj. 1608
CEP: 04.029-200 - São Paulo - SP
Tel: (11) 5093-7855 | (11) 95166-6577 | (11) 2056-3600
Av. Ana Costa, 311 Cj 22
CEP: 11.060-001 - Santos - SP
Tel: (13) 3224-3546
Desenvolvimentoo Digital Net