Exercícios Físicos: Orientações para se ter um coração saudável
Por ano, cerca de 315 mil brasileiros morrem por doenças do aparelho circulatório, sendo mais da metade delas por hipertensão. em uma pessoa sedentária, por exemplo, há aumento da pressão arterial e maior carga de pressão sobre os vasos sanguíneos, predispondo a doenças sérias como o infarto e o derrame, que podem causar risco de vida para o indivíduo que não pratica exercícios físicos com regularidade e que não tem uma vida regrada. Este risco é mais elevado em pessoas que apresentam parentes de primeiro grau que apresentaram doenças do aparelho circulatório precocemente em suas vidas.

A prática de exercícios físicos é fundamental para a saúde do coração, pois contriubui para a oxigenação do sangue e diminuição do colesterol ruim (LDL). A prática esportiva permite que o sangue possa fluir de forma mais fácil pelos órgãos do corpo, uma vez que pode aumentar em até 5 vezes o débito cardíaco.
 
Para se exercitar, não é preciso frequentar a academia, ser sócio de clube ou ir à praia. Se movimentar de várias maneiras, como a prática de natação, ou simplesmente caminhar com regularidade, é uma forma simples e barata de evitar doenças cardíacas.

Mais importante do que o treinamento intensivo é a frequência: de 5 a 7 dias por semana, durante pelo menos 30 minutos. Com isso, o risco de ataque do coração cai mais de 30%. Idosos com mais de 75 anos que caminham sempre têm até 45% menos chances de infarto.

Quando se deve parar o exercício?

Sentir falta de ar, indisposição ou tontura durante a atividade pode ser um sinal de alerta, portanto se a pessoa apresentar qualquer um desses sinais, deve parar o exercício imediatamente e somente recomeçar as atividades físicas após a avaliação por um médico especialista.
Av. Ibirapuera, 2907 Cj. 1608
CEP: 04.029-200 - São Paulo - SP
Tel: (11) 5093-7855 | (11) 95166-6577 | (11) 2056-3600
Av. Ana Costa, 311 Cj 22
CEP: 11.060-001 - Santos - SP
Tel: (13) 3224-3546
Desenvolvimentoo Digital Net